31 de janeiro de 2013

Manual de Paciência durante o desfralde


Como na vida, na maternidade também nem tudo são flores, e quando chega a hora do desfralde os espinhos sempre aparecem. Determinadas situações nos fazem contar até 1625553 para não perder a paciência.

Situações que livro nenhum nos conta, o filhos da vizinha não fizeram igual (às vezes até pior), a filha da amiga "jamais" e por aí vai...

Quando se inicia o desfralde sabemos que com ele vem a escapadinha de xixi e que nada na casa passa despercebido: o sofá, a cama, o chão e o que estiver ao alcance.

Vou citar neste post algumas situações que já aconteceram com várias mães do TDM e lendo o relato delas resolvi fazer esse manual com perguntas e respostas "práticas”. Na verdade é o que temos vontade de fazer e a nossa maturidade e responsabilidade com a maternidade e acima de tudo nosso amor não nos permitem.

  •  Aquele dia que você está almoçando e a criança pede para ir ao banheiro de 5 em 5 minutos. O que fazer?  
Entre em sintonia com o universo, foque em outro pensamento e deixe que a cria faça ali mesmo, depois que terminar sua refeição olhe com olhar de ternura e peça que ela se limpe e se troque.

  • Se seu filho gritar no meio do Aeroporto: "Quero fazer cocôoooo" ?
Mantenha a calma... respire fundo e pense que é o mesmo do que pedir uma água. Não importa o que aconteça, faça cara de paisagem. Sorria e acene 

  • E quando você acha que desfraldou, dorme junto com a cria e sente um quentinho nas costas?
Finja que é sonho e continue dormindo.

  • E quando você está sentada na mesa comendo e escuta um: mãe limpa fiz cocô.
Não perca o apetite, continue comendo e assim que terminar a sua refeição (sem dar ouvidos para os inúmeros  gritos) levante e vá limpar.

  • E quando o "anjinho” resolve brincar com o pinto, como se fosse uma mangueirinha e lava seu banheiro de xixi?
Cante um Salmo Gregoriano e ignore.(ou amarre as mãos do anjinho)

  • E aquele momento que vocês estão prontos para sair e de repente escuta um: mamãe eu fiz xixi ?
Já que você já está pronta mesmo, deixa a cria ir se trocar sozinha se não quiser passar vergonha .

  • Aquele sono da tarde no sofá sem fralda, que parece rapidinho e quando você vai ver seu sofá está todo cheio de xixi, com a criança dormindo em cima.
Entre na internet e compre um sofá novo. Simples assim.


  • Penico no meio da sala, com xixi e cocô?
Vai para outro cômodo da casa até que seu filho(a) leve para o vaso sanitário e dê descarga.



Agindo assim você evitará o stress no período do desfralde.








30 de janeiro de 2013

DIY 002 - Jogo do Desfralde


Vocês já devem ter notado, que estamos tendo uma semana especial, totalmente dedicada ao Desfralde.
E como não poderia deixar de ser, o “DIY – Faça você mesmo” desta semana também é direcionado pro tema.
Assim como acontece com nós “Os Adultos”, bons estímulos sempre proporcionam bons resultados. E essa é a proposta desta semana, um quadrinho do incentivo.

Chega de Blá Blá Blá...Vamos Brincar?
É lógico que cada mamãe, poderá criar suas próprias regras e recompensas, mas vou descrever abaixo as minhas sugestões.

É fundamental explicar para a criança como vocês irão brincar. Explique que toda vez que ela usar o peniquinho vocês poderão brincar juntos.
O objetivo da brincadeira é preencher todo o jogo com as figurinhas coloridas até chegar ao Baú do Tesouro.
É importante reservar um momento de tranquilidade para isso. Não inicie a brincadeira, num momento de estresse após a criança ter usado a fralda mais uma vez.

Mostre então que as figurinhas do quadro estão em preto e branco e que sempre que ela não fizer o “xixi e cocô” na fralda, ela ganhará figurinhas coloridas para colar em cima da que estiver preto e branco.

Exemplo:
- Fez o número 1 “xixi” no penico ou vaso sanitário, ganha uma figurinha colorida.
- Fez o número 2 “cocô” no penico ou vaso sanitário, ganha duas figurinhas colorida.

Lembre-se, que independente da figurinha, você precisará parabenizar e elogiar a criança sempre que ela usar o penico ou o vaso sanitário. A figurinha aqui é apenas um estímulo.

O primeiro passo é imprimir o Joguinho com as figuras em preto e branco.
Cole na parede ou coloque em algum outro lugar que esteja a altura da criança.




Imprima também, a imagem das figurinhas coloridas.
Se tiver papel adesivo em casa é melhor, mas se não tiver, sem problemas, nada que uma cola bastão não resolva.


E como o jogo é um mapa de pirata, fazendo menção a uma caça ao tesouro, note que no fim do mapa há um Baú de Tesouro e nada mais apropriado do que você também presentear seu filho com um Tesouro.
Sei que muitas mamães não gostam de incentivar o filho com premiações e principalmente com balas, doces e chicletes, mas isso vai das convicções e verdades de cada mamãe.

Você mesma, poderá escolher o prêmio ou até mesmo fazer uma listinha dos possíveis prêmios e pedir a criança para escolher o que ela quer ganhar no fim do jogo.

Seguem minhas sugestões:
- Dormir na casa da tia, vovó ou madrinha;
- Balas, Doces ou chicletes;
- Convidar um amiguinho pra brincar a tarde toda;
- Escolher o filme na locadora;
- Um lanche na lanchonete preferida;
- Fazer biscoitos juntos;
- Ganhar uma calcinha ou cueca nova, que a criança mesmo poderá escolher;
- O qualquer outro brinde a sua escolha etc.

E pra finalizar, eu criei uma caixinha formato baú que vocês poderão usar como o Baú do Tesouro.
Basta imprimir, recortar, dobrar nas linhas pontilhadas, colar e montar.




Se preferir, você poderá decorar a caixinha com mini chaves, mini cadeados ou qualquer outro enfeite. A minha caixinha eu decorei com pequenas correntes.

Se o seu tesouro não couber na caixinha, imprima uma imagem e coloque dentro da caixinha.
Você poderá pesquisar no google e imprimir uma imagem do presente ou desenhar o presente ou simplesmente escrever e ler pra criança.


Espero que tenham gostado!

Para fazer o download Basta clicar Aqui ou copie e cole o link abaixo no seu navegador! http://www.catiacunha.com/extra/TDM/TDM-DIY-002.zip

Para Abrir os arquivos você irá precisar de um leitor de arquivos.pdf (Se não tiver instalado em seu computador, basta baixar Aqui - http://get.adobe.com/br/reader)

Beijos e até a próxima,
Cátia Cunha

Livros de apoio ao desfralde



Título
Quem Soltou o Pum?
Autor
Blandina Franco; José Carlos Lollo


Como é que aquela deliciosa pizza e aquela limonada geladinha que você saboreou com tanto prazer se transformam em... Eca! Cocô e xixi? Entre na Incrível Fábrica de Cocô, Xixi e Pum para descobrir como tudo isso é produzido dentro do seu corpo. Conheça os "trabalhadores" que estão aí dentro separando do alimento tudo o que dá energia para fazer você correr, pentear o cabelo, jogar videogame e dar sustos nos outros. Já o resto da comida... Bem, sobre isso é melhor você ler o livro para saber.

Cocô no Trono

Título
Cocô no Trono
Autor
Benoit Charlat


Largar as fraldas e aprender a usar a privada não é tarefa fácil, nem para as crianças nem para os pais e muito menos para os professores. Essa é uma fase que envolve planejamentos e mudanças na rotina - afinal, ter de mandar dez cuecas ou calcinhas e dez shorts por dia para a escola do filho não é atividade corriqueira. Cocô no trono é um livro divertidíssimo para qualquer um, mas muito útil para quem se vê às voltas com tantas mudas de roupa suja por dia. Estampado em formato grande, em páginas reforçadas e bem coloridas, um pintinho tira sarro de vários bichos que já aprenderam a sentar no trono - e que fazem cada um sua "espécie" de cocô. Mas, ao final, ele também apresenta sua performance (aprende a usar a privada sozinho), e para completar ainda toca a descarga, tarefa que cabe ao leitor desempenhar, apertando um botão sonoro.

Almanaque de Puns, Melecas e Coisas Nojentas

Título
Almanaque de Puns, Melecas e Coisas Nojentas
Autor
Fátima Mesquita


Você sabe quantos copos de cuspe a gente produz por dia? E por que o cocô é fedido? Será que mulheres também soltam puns? Essas e outras particularidades do corpo humano você encontra no Almanaque de puns, melecas e coisas nojentas, de Fátima Mesquita. Mas não pense que o livro seja só um manual de coisas nojentas. A autora fala também sobre os cuidados que devemos ter com o corpo: como manter uma boa higiene bucal, como a alimentação influi no sistema digestivo e, ainda, como funciona o processo respiratório.


Hora do Penico: Para Meninas Hora do Penico: Para Meninos

Título
Hora do Penico
Subtítulo
Para Meninas / Para Meninos
Autor
Dawn Sirett 
Ilustração
Susan Calver


Agora que você está crescendo, não precisa mais usar fraldas. Aprenda a usar o penico e logo você vai ficar mais feliz! Com uma capa em forma de penico, divertido e com crianças de verdade, este é o livro perfeito para ajudar a criança a se livrar das fraldas! Acompanha uma cartela de ADESIVOS! Para dar como recompensa.

Cadê o Meu Penico? Mij Kelly

Título
Cadê o Meu Penico
Autor
Mij Kelly
Tradução
Eduardo Brandão
Ilustração
Mary McQuillan


A coitada da Hortênsia estava louca de vontade de fazer “uma tal coisa”, mas não encontrava o seu penico por nada... Enquanto isso, a bicharada toda se divertia com um objeto misterioso. Seria uma gamela? Um tigelão? Quando eles descobrem que aquele pote serve para fazer xixi e cocô, ficam encantados com a novidade: estão todos muito apertados e não querem mais saber de sujar o terreiro! Enquanto isso, Hortênsia pergunta aos animais sobre seu penico, mas eles não o conhecem por esse nome, por isso não podem ajudar. Coitada, será que ela vai recuperá-lo a tempo? Escrita em versos rimados, esta história fala de maneira divertida sobre uma fase de crescimento e aprendizado na vida das crianças pequenas.

 Quem Soltou o Pum?

Título
Soltei o Pum na Escola
Autor
Blandina Franco
Tradução
José Carlos Lollo



EU SOLTEI O PUM NA ESCOLA
Geralmente, ficamos nervosos no primeiro dia de aula. Até os cachorros ficam! O Pum, por exemplo, quando visitou a escola do seu dono, ficou todo quietinho no começo. Mas logo se soltou e saiu correndo feito um rojão! Foi até parar na sala da diretora, que não conseguiu segurar o Pum e soltou ele na frente de todo mundo!

QUEM SOLTOU O PUM?
A história é simples, mas a sacada é das boas: imagine um cachorrinho de estimação que se chama Pum! Daí dá para tirar diversos trocadilhos, criando frases e situações realmente hilárias. É um tal de não conseguir segurar o Pum, que é barulhento e atrapalha os adultos, que dizem que o Pum molhado, em dia de chuva, fica mais fedido ainda, o que faz o menino passar muita vergonha. Pobre Pum. E pobre dono do Pum! Mas não tem jeito, com o Pum é assim mesmo: simplesmente ninguém consegue evitar que ele escape e cause certos inconvenientes.








29 de janeiro de 2013

Princesa não usa fralda

Eu nunca tive pressa de desfraldar. Cansei de ouvir gente perguntando se ela ainda usava fraldas, quando eu pretendia desfraldar e que eu tinha que fazer isso logo. Eu sempre pensei: a filha é minha, essas pessoas não estão pagando as fraldas que ela usa. Não vemos adolescentes andando de fraldas pelas ruas. Uma hora ela desfralda. E fim.

Um belo dia a pessoinha começou a querer tirar a fralda e fez xixi no chão. Tipo, logo que acordava e vinha me chamar cedinho. Aí pensei: bom, bora comprar um penico/redutor, vamos ver qual é. Levei junto, ela ajudou a escolher, compramos um penico que vira redutor depois e voltamos pra casa. Mas ela nem quis saber. Colocava todas as bonecas e bichos de pelúcia nele, mas ela que era bom... nada!


Aí um dia tira a roupa pra tomar banho e resolve fazer xixi antes de entrar na banheira! Fiz festa, ela fez festa e pronto. Nesse mesmo dia saímos e fomos ao chá de bebê da minha prima, chegando lá fui ao banheiro, ela foi comigo e quis fazer xixi. Mas ficou nisso, era mais fogo de palha e pela novidade em si do que qualquer outra coisa. Com o tempo ela queria fazer mais vezes. Resolvi então tentar deixar ela sem fralda. Mas ela só fazia no penico quando bem entendesse, não adiantava explicar, levar sem pedir,  fazer festa, não fazer... Fiz cartaz do Mickey pra colar adesivos... E nada! 

Cheguei à conclusão de que eu tinha me empolgado mas que ela não, porque simplesmente talvez ela ainda não estivesse pronta pra isso, que eu estava querendo aproveitar uma brecha mas no fim me senti forçando uma barra. Desisti. 

Fiquei pensando que era muito xixi no chão pra limpar, não era possível que ela estivesse pronta. E sim, não sou madre Teresa de Calcutá e tinha dia que no 7º xixi eu já não estava lá limpando o chão com um sorrisão no rosto, contente e falando: não tem problema filha!! NUNCA briguei com ela nem nada nesse sentido, mas falar que eu tava de ótimo humor é mentira! Aí achei que só essa mudança na minha atitude mesmo quando limpava o chão podia influenciar, sei lá. Teve gente que falou: tira de vez, fica enrolando, é assim mesmo, até ela aprender. As mesmas pessoas que não pagam as fraldas.... também não limpam o xixi do chão né? Coloquei fralda de novo de vez, sem dramas. Quando ela pedia e falava que queria fazer xixi, eu levava e assim continuamos. Uma coisa que desde o começo ela fez e não perdeu foi pedir pra fazer o xixi logo que acordava e aos poucos a fralda foi amanhecendo mais e mais seca. E ficamos assim.

Passado algum tempo, uns dois meses, do nada depois do banho ela olha pra mim e fala: "não quero por fralda, quero calcinha". Ok. Obedeci. Ela tirou uma soneca (já tinha tirado algumas vezes só de calcinha e nunca fez xixi), quando acordou saímos porque eu precisava sair aqui por perto de casa mesmo e depois ia na casa de uma amiga pra Ellis brincar com a filhinha dela. Só me toquei que ela estava sem fralda quando estávamos chegando já na casa da minha amiga, aí levei no banheiro, ela fez xixi e ficou brincando por lá. Voltamos pra casa e ela dormiu no caminho. Quando chegamos em casa, coloquei a fralda. No dia seguinte, ela acordou e fez xixi como sempre e passou o dia de fralda. À noite, tomou banho e na hora de por o pijama já falou de novo que não queria colocar fralda. Pensei comigo: ela não faz xixi mais à noite, a fralda amanhece seca e ela pede pra fazer o xixi logo que acorda. O colchão é daqueles de berço, são meio plásticos, tem o protetor, amanhã Marli vem e é dia de trocar lençol mesmo. Vamos nessa!!! E ela acordou sequinha!!! Pediu pra fazer xixi e assim demos adeus às fraldas. Não coloquei mais. Nem pra sair, nem pra dormir nada. No dia seguinte saímos com a minha mãe, que perguntou: "Mas você não vai por fralda? Nós vamos sair, pode ser que a gente pegue trânsito, pode ser... [insira milhões de pode ser aqui]". Respondi: "Se não usa mais fraldas, não usa mais fraldas, ué. Se fizer xixi troca de roupa e pronto". As fraldas deram lugar às calcinhas na gaveta do trocador e à calcinha extra e troca de roupa na bolsa. Mas só por alguns dias. Hoje em dia não levo mais. 



Escapes? Tivemos alguns, mas muito poucos mesmo. E na maior parte deles ela percebia que era xixi e já falava, terminava de fazer no penico. Na rua ela nunca fez na calça. Na casa de amigos acho que aconteceu umas 2, 3 vezes porque ela estava brincando e se distraiu. Acontece. Mas nada perto do que era na primeira tentativa. Na cama não fez nenhuma vez. E já estamos indo pra 2 meses sem fraldas. Aqui em casa tinha um pacote praticamente cheio, que ela levou pra madrinha usar na Rafa. E saiu falando pra todo mundo: "Ellis não usa mais fralda porque é princesa". Então tá. <3

Minha princesa desfraldada

Agora os desafios são outros: levar em banheiros públicos (como assim ainda não são todos os shoppings que tem banheiros familiares??? Hein??), forrar tudo com papel, lava a mão, passa álcool gel, levar 154386349 vezes no banheiro porque ela quer fazer xixi toda hora só porque é o banheiro do shopping/restaurante é novidade, quer pegar aqueles saquinhos de guardar absorvente só porque são rosa.... e assim caminhamos. Afinal, ela é princesa e não usa mais fralda, quem sou eu pra discutir?!

O que eu tirei da nossa experiência é que quando a criança realmente tá pronta não tem xixi no chão pra limpar. Ao menos aqui foi assim. Fica tudo mais fácil. E parte deles. Fica a nossa dica!

Mamãe, eu quero

Essa semana estamos falando em desfralde e não poderiam faltar as dicas de compras para esse momento marcante e importante.

Como em toda fase de transição, as crianças precisam de um estímulo para colaborar - e as mães precisam de uma comprinha para ficar mais animada (hahahaha brincadeira, gente... mas me fala se uma coisa nova não dá ânimo?)

Você poderia usar o (bom e velho???) penico tradicional, aquele que vende no mercado, custa uns 10 reais (quando muito), mas é aquilo... o mais legal é mesmo incentivar com artigos lúdicos, que estimulem a vontade de sentar lá e esperar o xixi ou o cocô chegarem.

Abaixo, uma lista de produtos que podem ajudar no desfralde dos pequenos - e na animação da mamãe!*

Este post não é publieditorial, não recebemos nada de nenhuma empresa, é meramente ilustrativo.

A evolução do penico:


Troninho Musical Verde com Rosa - Love
(Também na opção Laranja com Azul)
R$56,90 no Walmart

"O troninho 3X1 da Love facilita na aprendizagem higiênica de seu filho. É versátil na montagem e desmontagem, musical, limpeza super fácil e base que se transforma em degrau. Um troninho 3 em 1, adaptador para vaso sanitário, degrau de acesso ao vaso, recipiente removível."
E é rosa, né, gente? Com verde. Mas é rosa.







Troninho Inteligente c/ Luz e Som - Safety 1st
R$ 143,91 no Submarino


"Um troninho que através de seus recursos fornece aprendizado e diversão, proporcionando um treinamento na transição do uso do troninho para o vaso sanitário. Interativo, proporciona treinamento alegre e fácil para a criança. Assento removível evita vazamento e facilita limpeza, pode ser utilizado como redutor em vasos sanitários.

Atividades:
- Ensina com frases de incentivo e recompensa com música e adesivos.
- Sensores inteligentes guia seu filho através de quatro etapas do treinamento.
- Dispensador de adesivo: Os pais monitoram através do gráfico as recompensas de seu filho.
- O sensor detecta quando a criança senta e joga a saudação.
- O sensor detecta quando a criança faz suas necessidades e felicita criança com luzes e sons.
- Redutor de vaso sanitário.
- Recipiente removível evita vazamento e facilita limpeza.
- Assento com defector para menino."



Troninho 3 Em 1 Step-By-Step - Summer Infant
R$ 152,91 no Submarino

"Toda mamãe sabe que a transição das fraldas para o assento sanitário é um processo delicado e que exige cuidado e atenção.
Para dar mais segurança a criança, o ideal é um troninho confortável do tamanho do pequeno e seguro.
O produto possui base antiderrapante, porta lenço umedecido, porta papel higiênico, alças laterais e etiquetas adesivas para customizar.
Além disso, pode ser usado como troninho, redutor de assento sanitário e degrau para alcance do lavatório."






Fisher Price - Troninho Toilette
R$179,99 no site da Ri Happy

"O Troninho Toilette simula um vaso sanitário real. São duas formas de usar: 1- No chão para os pequeninos. 2- No vaso sanitário para crianças maiores. Sons divertidos.Vem com barreira contra pingos para meninos."



Mini Mictório Tinok Happy Pee Azul Claro
R$ 79,90 no CompraFacil

"Agora seu menino pode fazer xixi como gente grande!
O Happy Pee é um mini mictório de parede com fixação através de ventosas ou parafusos.
Funciona como um pinico de parede para que os meninos se acostumem a fazer seu xixi de pé.
Em PVC, acompanha 3 ventosas e 2 parafusos para fixação do suporte.
Para esvaziar, basta puxar o mictório e despejar na privada. É fácil de limpar e muito divertido."

Gente, eu geralmente sou contra a "adultização" de crianças, mas achei isso tão tão tão fofo!!! kkkk




Daí para ninguém reclamar que não tem dinheiro para comprar os troninhos (dignos desse nome, diga-se de passagem, haja vista a realeza de cada um deles - só falta forrar com ouro, né, gente? Sou dessas do mimimi), tem esse modelo aqui. Lindo, musical e modesto!

Troninho Musical Styll Urso c/ Tampa
(também na versão rosa com lilás)
R$22,70 no site das Casas Bahia

"O crescimento da criança é uma fase importante para o desenvolvimento do bebê e aprendizado dos pais. É por isso que a Styll criou o Troninho Musical Urso que ajuda na transição das fraldas ao assento sanitário. Ele toca música num simples toque da criança. E mais! Possui tampa protetora em formato de ursinho."


E tem os meninos que já fazem xixi de pé, mas ainda (ou, sei lá, já...) erram a mira. Para eles (e pros pais deles, né, meninas?), tem um produto muito legal na loja da Gislaine:

Alvo do xixi
R$29,90

" O uso é simples e divertido. Os meninos miram o alvo preto, que desaparece magicamente ao receber o jato de urina. E a brincadeira não para por aí: o desenho escolhido pela própria criança aparece na plaquinha comemorando o acerto do alvo. No final, o menino sempre se lembra de puxar a descarga, pois assim que a água escorre, o alvo fica preto novamente."





Assento redutor para vaso sanitário:

Também tem as mamães que não querem usar o troninho, né? Acham melhor usar logo o vaso sanitário - afinal, na rua só tem vaso sanitário (ou você vai ficar levando o penico para a casa de todo mundo, restaurante, parque...?).


Redutor de Assento Sanitário - Dreambaby
R$25,11 no Submarino

Bem básico, branquinho, baratinho, cabe em todos os tipos de vaso sanitário. Acolchoado para ficar mais confortável (e até dá mais segurança pro pequeno).









Assento em Gel para Vaso Sanitário - Rosa - The First Years
R$71,91 no Submarino
Também na versão azul (R$ 80,91)

De gel, é fofinho, antiderrapante (não protege contra "freadas"... piadinha infame!), com alças (porque a gente sabe que segurar pode ajudar na forcinha, e no medinho).





Redutor de Assento - Love
R$31,26 no Walmart


Acolchoado, decorado, unissex, uma gracinha - e tem aquele protetorzinho ali para os meninos (porque o pipi fica empinando e às vezes o xixi pode cair fora, né?).








Redutor Sanitário Dobrável Elka Infantil Carros
R$23,66 no site das Casas Bahia

Mães de meninos, uní-vos! Coisa linda, né?
Dá para levar na bolsa (por favor, levem também uma reserva de papel higiênico e álcool gel), dobra bonitinho e tal. E tem coisa que estimule mais esses meninos que carros?
Existe a versão Princesas, mas está indisponível em todas as lojas virtuais. Essas mães de meninas compram demais! rs





Redutor Sanitário Dobravél NUK
R$84,90 no baby.com.br



O melhor de dois mundos: dobrável e acolchoado. E ainda é unissex! E vem com uma sacolinha lavável para o transporte!












Redutor de Privada com Escada e Troninho - Toily
R$ 179,90 no QueBarato

"Um pinico e adaptador, que ao mesmo tempo é divertido para as crianças e prático para os pais.
O Toily é equipado com uma escada e um assento redutor para o tamanho das crianças.
Tem um design único, lúdico e colorido. É muito leve, não necessita montagem, dobrável e fácil de limpar.
Feito de alumínio e PVC.
Etapa 1 – “Pinico” – prático para remover o pote do pinico, além de ter o assento largo e confortável.
Etapa 2 - “Redutor de assento do vaso sanitário” – compatível com a maior parte dos modelos de vaso sanitário. Ao sentar no toily, a criança se sente segura com apoio para os pés e as mãos, evitando o contato com o vaso sanitário, além de possuir uma escada que estimula a criança a tornar-se independente."

Roupinhas de baixo:

Sem querer desanimar, mas não sei se você se atentou para o fato de que, mesmo que seu filhote apresente todos os sintomas de que está pronto para o desfralde, vai ter uma hora ou outra que o xixi vai escapar. E mesmo que não escape, ele (ou ela) vão precisar de cuecas e calcinhas limpas - pelo menos 3 por dia (porque pinga, porque eles não limpam direito, porque fica um pouco para fazer na roupa). Acontece, mãe, acontece.

Cueca Slip Meia malha Malwee
R$8,00

Cueca boxer 100% algodão
R$ 25,20

Kit com 3 cuecas Lupinho
12,90

Samba Canção Vermelha Bebê Delícia
R$14,90







Calcinha em meia malha Malwee
R$8,00

Kit 2 calcinhas Hello Kitty Lupo
R$18,40

Kit com 3 calcinhas Hering
R$24,99


* Preços pesquisados no dia 21/1/2013


E então? Preparadas para a tarefa mais divertida? Ou não? Boa sorte mamães!





28 de janeiro de 2013

Desfralde, começar ou não, eis a questão!


O mundo agora só fala do desfralde, é desfralde para lá, desfralde para cá, é mãe pedindo ajuda de custo do governo by "empresa de fralda". O defralde do Natan foi tranquilo, ele mesmo se desfraldou... (sim! chorei, reclamei, briguei, mas no fim aceitei). Acontece que um dia sem mais nem menos ele tirou a fralda e foi fazer o xixi no banheiro do lado do pai, foi uma farra em casa, bati palma, pai abraçou a avó ficou empolgada com a esperteza, logo nós que tínhamos um estoque de fraldas, e comprávamos por R$ 5,90 a fralda com toda a tecnologia disponível no mundo,  e o armário? Cheio de fraldas...

Calma, essa foi a parte feliz do conto de fadas, não foi assim tão fácil, mais foi simples, nunca esquentei com os palpites dos outros: "ah! Já está na hora dele desfraldar" ou "O filho da fulana deixou de usar fraldas com X aninho" ou "A fulana com essa idade já teria tirado a fralda". Se fosse na onda do povo que dita regras para os filhos dos outros, já teria feito de tudo, com filho não funciona dessa forma, no máximo podemos ver o que deu certo com amiga e tentamos adaptar ao nosso dia-a-dia. #simples assim.

Imagem

O desfralde foi simples conosco porque nunca dei tanta importância a ele, não me xinguem, minha vida andava tão agitada, que sinceramente não estava a fim de sarna para me coçar, frustração ou ficar pensando no quanto era uma péssima mãe, porque não tinha a capacidade de desfraldar o menino, então fiz o que faço não coloquei cabelo em cabeça de ovo, deixei acontecer.

Decidi ir com calma, sem presa, sem atropelar o momento de aprendizagem dele e meu também, afinal ele teria o tempo dele para aprender quando deveria usar o troninho, com o menino acho fácil explicar como fazer xixi, mando ele ir ver o pai e pronto!!! Quando um dia ele viu o pai, e quis imitar, naquele momento sabia que poderia iniciar o processo de desfralde, ele passou a usar cuecas e shorts, algumas vezes fazia na cueca, afinal ninguém aprende de primeira, e até limpar o chão sujo ele aprendeu, pegava o pano de chão no banheiro para limpar imitando a mãe. No fim o pequeno já não usava mais fraldas durante o dia, e nem para sair de casa.

E foi assim, simples, sem stress, sem traumas (para mim lógico) que nós desfraldamos o curumim, sem fórmulas mágicas, criando os nossos métodos, sem desespero, afinal com fralda ou sem fralda, eles continuam fazendo os nossos dias uma intensa maratona de felicidade.




Hora do desfralde

Durante a semana toda vamos falar de um assunto muito importante: o tão temido desfralde.


O sucesso do desfraldamento vem quando a criança já tem capacidade física para controlar seu esfíncter, ou seja, quando consegue segurar suas necessidades. Embora existam crianças que já fazem isso com 1 ano e meio, outras só vão estar prontas depois dos 3 anos, não existe uma regra, cada uma amadurece no seu tempo.

Estudos demonstram que quando você adianta o processo, ele acaba levando mais tempo e pior, acaba sendo mais estressante para todo mundo. O mais importante é você realmente perceber se o seu filho está pronto para iniciar esse processo.

Observe esses sinais e veja se seu filho está maduro o suficiente para iniciar o desfralde.

Sinais Físicos :
- Anda e corre com firmeza;
- Faz bastante xixi e não pouquinho toda hora;
- Faz um cocô mais sólido e quase sempre no mesmo horário;
- Fica seco pelo menos umas três horas, ou seja, os músculos da bexiga já conseguem segurar a urina.

Sinais de Comportamento:
- Consegue ficar sentado na mesma posição dois ou três minutos;
- Se incomoda com a fralda suja;
- Demonstra interesse em hábitos de higiene.

Sinais Cognitivos:
- Consegue seguir instruções simples;
- Tem palavras para xixi e cocô;
- Consegue entender os sinais físicos de que está com vontade de ir ao banheiro e pede para ir.

Providencie o equipamento correto. A maioria dos especialistas recomendam o bom e velho penico, pois ele dá mais segurança para a criança; o adaptador é bom pela própria higiene, mas se assustar seu filho no começo guarde para quando ele estiver mais preparado.

Mostre que o penico é dele sem pressioná-lo, pois esse é um dos maiores erros que os pais cometem. Caso ele se recuse a se sentar no penico, brinque com um boneco que ele goste, sentando-o no penico e dizendo como aquilo é legal. Torne o momento divertido.

Decida se você vai tirar a fralda diurna de uma vez ou de forma gradual. Se for de uma vez prepare-se para um grande número de acidentes, não se irrite com isso, faz parte do processo.

O desfralde noturno só deve ser feito quando o diurno estiver completo, ou seja, quando seu filho ficar sem fralda o dia inteiro.

No começo os meninos devem fazer xixi e cocô sentados, fica mais fácil para eles aprenderem. Quando estiverem fazendo direitinho aí sim é hora de ensiná-los a fazer em pé.

Facilite as coisas e deixe a criança com roupas fáceis para por e tirar, compre calcinhas e cuecas "especiais" para esse momento. Existem algumas no mercado que possuem revestimento atoalhado que podem até a ser trocados.

Sempre use o bom humor e nunca demonstre frustração ou raiva quando as coisas não saírem como você esperava.

Quando as fraldas forem embora de vez, faça festa, o seu filho merece!



27 de janeiro de 2013

Vale a pena ler de novo


Nossa! a semana passou tão rápido que quase nem percebi que já era domingo e o dia de estrear nossa nova coluna do TDM, a Vale a pena ler de novo!

Fala a verdade, maternidade tem tanto, mas tanto assunto que às vezes dá uma certa "preguicinha" de ler tudo o que fala por aí ou de ficar procurando no meio de tantos blogs, né?

Pensando nisso, nós vamos fazer todos os domingos o Resumão da semana, assim, você lê, vê o que te interessa e já clica no post inteiro, gostaram???

A Gabis Miranda descreveu de forma tão linda a sensação de ser mãe e como filho muda nossa vida, nossos objetivos (leia aqui) e no mesmo dia, a Keka, depois de alguns leitores terem perguntado o porque de tanta gente dando pitaco por aqui como colunista, explicou e apresentou o novo formato do TDM (espia só), agora nós temos colunas diversas, vamos fazer semanas de temas específicos que pegam forte na Maternidade, inclusive entrevistas. Vocês gostaram dessas mudanças? 

No Cyber Café, demos uma dica de App pro Ipad, que ensina as crianças a começarem a mandar emails. É, a tecnologia está aí e temos que usá-la da melhor e consciente forma, né? Já mandaram seus emails, crianças (relembre aqui)??? rsrsrs

Teve também a dica  da Vanessa Ardisson que foi a estréia do cinema infantil, Sammy, A grande Fuga (aqui) pra agitar o fim de semana e último fim de semana de férias da garotada.

E pra se divertir junto com a criançada, colocar em prática seus dons artísticos e também ajudar na alfabetização, a Catia Cunha ensinou como fazer o Alfabeto Emoldurado e deixou à disposição o download pra todos vocês fazerem (olha como é fácil)



Além disso 2 colunistas, a Keka e a Rose Misceno  nossas foram convidadas pro Eventos Passinhos da Pampers lá no Rio de Janeiro e tiraram onda com a Angélica e a Dani Suziki







Gostaram do que foi assunto esta semana???
Além do blog, temos o nosso twitter (@testdrivemami) e nossa fanpage onde compartilhamos, trocamos ideias e divulgamos novidades sobre a Maternidade.

E a próxima semana (28/01 - 03/02) será especial, vamos falar sobre Desfralde!
 Como foi aí com vocês??? Acompanhem e venham contar pra gente.





Beijos e boa semana
Paola Preusse


23 de janeiro de 2013

Cyber Café: Sammy: A Grande Fuga





Que São Pedro anda um pouco confuso não é novidade.  15 minutos de chuva de forte a moderada e outros 15 de um solzinho tímido. Calma, TDM não virou canal meteorológico. Mas qual mãe não sofre com filhos em férias e essa bipolaridade de Pedrão?  Programas ao ar livre são sempre uma boa opção mas com esse tempo louco não dá pra ter certeza. Então que tal um cineminha com as crianças?

Dia 18 de janeiro rolou a estréia de "Sammy: A Grande Fuga".

 Sammy e Ray, tartarugas marinhas e amigos para sempre, estão curtindo o coral, com muita água e areia, e ensinando os recém-chocados Ricky e Ella a nadar. Quando, de repente, um caçador aparece e os leva para ser parte de um espetacular show aquático em Dubai.O cavalo-marinho e rei do pedaço Big D os recruta para seu projeto de fuga. Sammy e Ray começam a bolar seu próprio plano para escapar com seus novos amigos, Jimbo - um peixe-bola de olhos esbugalhados, Annabel - uma lagosta cheia de energia, um polvo meigo e uma família inteira de pinguins, quando os pequenos Ricky e Ella chegam determinados a resgatá-los.Após uma série de aventuras emocionantes e fugas frenéticas, nossos heróis vão para o sul para encontrar Shelly, o primeiro e único amor de Sammy.

O que você acha de conferir com os pequenos e depois nos contar o que achou?


DIY 001 - Alfabeto Emoldurado


Olá pessoal, esse é o meu primeiro post aqui no TDM e por isso preciso me apresentar. Meu nome é Cátia Cunha, tenho 34 anos, sou formada em designer gráfico, esposa, boa filha, uma tia coruja e totalmente workaholic. Trabalho com produtos personalizados para eventos de todos os tipos, além de outras coisitas mais (Literalmente me viro nos 30).

Meu objetivo aqui no Blog, é trazer projetos DIY para que as mamães ponham em prática esse lado artesã que todas as mulheres possuem... Bom, quase todas! rsrsrs

Muitas pessoas me perguntam o que é DIY, e aproveitando o ensejo:
- DIY é uma abreviação de “Do It Yourself”, traduzindo pro nosso bom e velho português, quer dizer “Faça Você Mesmo”.

E está é a minha proposta pro TDM, focar nos DIY e criar projetos que as leitoras poderão imprimir para decorar o quarto da molecada, o salão de festas e também outros ambientes.
Então fiquem ligadas e Divirtam-se!

Bom... Vamos começar?

O primeiro projeto é super simples: Basta imprimir, recortar e emoldurar pra dar um toque bem alegre a sua decoração.
São quadrinhos que auxiliam na alfabetização da criançada. Vocês poderão imprimir as letras dos nomes de seus filhos, emoldurar e colocar na parede ou até mesmo em cima de algum móvel.

Vejam o exemplo da foto abaixo, nele eu imprimi o nome Enzo.

Uma outra dica bacana seria imprimir todo o alfabeto e decorar uma parede inteira do quarto. Já imaginou como ficaria legal?


Como em algumas cidades não é tão fácil encontrar molduras e porta retratos, então eu fiz o projeto em 3 medidas diferentes (18x18cm / 15x15cm / 12x12cm). A moldura que usei tem 20x20cm, porém a área pra colocar imagem só tinha 18x18cm.

Essas molduras quadradas vocês encontrarão em lojas de quadros, de decoração e até mesmo em loja para revelação de fotos... E se, contudo não encontrar, vocês poderão mandar fazer a moldura em lojas próprias pra isso.

O primeiro passo é fazer o download dos arquivos. Dentro deste arquivo que baixar, vocês irão encontrar uma pasta para cada medida.

Para Imprimir, é super fácil, escolha a medida desejada e abra a pasta com as imagens.
Clique na imagem com a Letra A, por exemplo. Agora clique em Arquivo, em seguida clique em Imprimir como é mostrado na foto abaixo.

 
Nesta tela, você irá marcar a opção "Tamanho Real" em Opções de Tamanho. Agora é só clicar em Imprimir e prontinho, terá sua primeira letra impressa na medida desejada.



Quer mais?
Neste projeto segue também a versão Atividade, para as mamães que queiram apenas imprimir e estimular o aprendizado de seus filhos, pois nela há um espaço para a criança escrever outras palavras com a letra em questão. 


E aí? Bateu aquela vontadezinha de fazer? Então vamos lá... Ponham a mão na massa. Eu irei amar ver o seu cantinho decorado - Se quiser me mostrar, envie a foto para contato@catiacunha.com / testdrivecontact@gmail.com

 -----------------------------------------------------------------

Para fazer o download Basta clicar Aqui ou copie e cole o link abaixo no seu navegador!
http://www.catiacunha.com/extra/TDM/TDM-DIY-001.zip

Para Abrir os arquivos você irá precisar de um leitor de arquivos.pdf
(Se não tiver instalado em seu computador, basta baixar Aqui)
 http://get.adobe.com/br/reader/




Beijos e até a próxima,
Cátia Cunha
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...