2 de fevereiro de 2013

Desfralde: vou te contar...




“Depois do desfralde, vem a fase de molhar a cueca por preguiça (brincar é bem mais legal que ir ao banheiro). Ninguém havia me contado, então publico aqui pra quem tem filho mais novo. Não é fácil, é trabalho escravo praticamente. 


Mas hoje foi iniciada uma nova era nessa casa:
"-Manhêê, quero fazer xixi". 
Antes era assim, pare o que tiver fazendo e corra junto com ele, vai saber quanto tempo ele sacrificou a bexiga antes desse grito.
Hoje eu respondi:
"-Ótimo, tire o short, levante a tampa e faça seu xixi"
E lá foi ele. Pra garantir fui supervisionar. Xixi sozinho. Liberdade, sua linda =) “

Post retirado do meu facebook. O papo é de mãe, é entre mães, é para mães e eu me sinto confortável para dividir certas verdades com vocês que vão desfraldar, estão desfraldando e até aquelas que já desfraldaram (toque aqui se você passou por alguma situação semelhante).

Eu costumo ler bastante e tento me preparar pra cada nova etapa e não foi diferente com o desfralde. Acontece que maternidade não é previsão, é realidade; não é teoria, é muita prática.

*Você recebe dicas e conselhos, compra o penico da hora ou o que cabe no seu bolso. Chega em casa feliz, dá o “presente” pra criança. Ela vai observar, brincar, até sentar com roupa. Mas na hora de sentar peladinho pra fazer o pipi ou a caca... TEATRO. O troninho pode ser o mais simpático possível mas certas vezes vai parecer que você comprou o mais terrível, com cara de monstrinho e todos os dentes possíveis preparados pra beliscar o bumbum do seu bebê. (Calma, super normal, aconteceu aqui também, vai dar tudo certo. Tente o vaso com o redutor)

*Você compra cuequinhas/calcinhas fofas e vai morrer de dó e pena ao ver as mesmas virando trapinhos por conta do treinamento (calma, isso é TOC, te entendo. Quer um abraço?)

*O desfralde tem duas etapas, depois que você “vencer” a etapa DIA será automaticamente passada de fase: NOITE

*Ninguém te conta mas aconselho comprar um gravador. Você se pegará repetindo: “Quer ir no banheiro agora? Quer fazer xixi?” até mesmo quando estiver na sua mesa de trabalho, sozinha.

*Prepare-se para correr. Na padaria, no mercado, no cinema, no shopping, na rua... quando a criança solicitar você vai sair correndo (ou disfarçando a pressa em passos largos) pro banheiro mais próximo.

*Depois que o desfralde for um sucesso, vem a parte lá de cima, que compartilhei com vocês: a preguiça. Brincar é mais legal, ver tv é muito divertido, colorir é show e tudo vai ser infinitamente mais prazeroso do que ir ao banheiro. Eles não regrediram, eles sabem a hora, eles sabem o que fazer mas não tem graça nenhuma parar e aliviar a bexiga. Cueca/calcinha molhada. (Muita calma de novo. Converse. Tente tornar mais atraente e não uma obrigação – que tal um corante na água do vaso? Um azul, misturado com o amarelinho do pipi vai mudar de cor e virar mágica. Não me chame de louca, a gente tenta tudo. Ande também  com uma peça de roupa a mais na bolsa. Vai que...)

Fico por aqui com minha pequena contribuição: o que eu gostaria de ter lido e escutado por aí antes do desfralde =)


1 Comentaram - COMENTE AQUI:

Tatiane Rosa Domingues disse...

Boas dicas. E tem tantas coisas que nao contam antes de termos filhos... Ainda bem que no fim dá tudo certo e aprendemos muito a cada dia. Beijo

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...